Entre as opções mais garantidas para cuidar da segurança na rede de uma empresa estão os firewalls pagos e outros gratuitos.

A essência de todos é a mesma, de trabalhar para proteger ataques e invasões, mas quais são as diferenças entre um firewall gratuito e um firewall pago?


FIREWALL GRATUITO

A quantidade de oferta de firewall gratuito no mercado é bem grande. Basta fazer uma rápida pesquisa para encontrar inúmeras opções diferentes com grandes promessas.

Como tudo o que fazemos download na internet, é preciso estudar e entender de forma aprofundada cada software para descobrir qual corresponde às necessidades imediatas.

Existem, sim, boas opções disponíveis, basta saber escolher e estar ciente de suas capacidades e limitações.

Por isso, faremos uma lista com os softwares destaques no mercado, seus pontos positivos e negativos. O importante é que você entenda se o produto realmente traz a solução que você busca e o porquê de alguns softwares serem pagos enquanto existem infinidades de opções gratuitas na rede.


Pronto para começar a nossa análise? Então vamos lá:


Pfsense

O PfSense é um firewall de distribuição livre que oferece opções de pacotes adicionais, desenvolvidos por terceiros, para aumentar suas funcionalidades.

É uma opção inovadora e que tem chamado a atenção pela execução de vários serviços como VPN, regras de NAT, geração de chaves RSA e monitoramento de tráfego.

Desvantagens: Sua desvantagem fica por conta de a interface não ser intuitiva e demandar um conhecimento maior na área para manipular e aproveitar todas as suas funcionalidades.

Em consequência, o suporte também não é como se espera. É disponibilizado um espaço de dúvidas frequentes em inglês e cursos para aprender a lidar com o sistema, também em inglês e de alto custo, em torno de 500 dólares por módulo.

ZoneAlarm

O ZoneAlarm é outro software de segurança em inglês no mercado. Possui três versões disponíveis, sendo uma free e outras duas pagas.

Ele promete ser capaz de identificar o tipo de vírus pela análise de comportamento do malware e checar os arquivos anexos em e-mails, além de oferecer ferramentas de privacidade como uma toolbar instalada no navegador.

Desvantagens: O software não possui tradução para o português e suporte personalizado, mas sua principal desvantagem é não ser robusto o suficiente para atender empresas, mas apenas redes domésticas.

Estes foram os softwares gratuitos que selecionamos para você. Reunimos os principais diferenciais, pontos positivos e negativos.


Já deu para ter uma ideia das principais desvantagens de um firewall gratuito?


Antes de você responder a esta pergunta, vamos entender o que um software pago pode te oferecer!

FIREWALL PAGO

Firewall pago ou corporativo é uma solução completa para a segurança de redes em empresas. São referências pelas suas tecnologias e eficiência, e oferece uma lista de recursos, que centralizam operações e facilitam a proteção e controle da rede.

Uma de suas ferramentas mais procuradas é o controle sobre o Skype. Além de optar por liberar ou bloquear o acesso, é possível monitorar as conversas em tempo real, gerar relatórios de conversas por período ou contato e filtrar os contatos que o colaborador pode se comunicar.

Alguns firewalls são instalados por especialistas ou acompanhados por estes, sendo instalado em toda a rede e, assim, gerando relatórios e auditorias gerais de uma só vez com o log de cada usuário.

Outra vantagem é o controle da banda de acordo com o setor ou usuário, o que permite a otimização do uso da internet contratada, seja ela qual for.

Por ser uma solução corporativa advinda de empresas de nome mundial, oferece ainda a possibilidade de mudança de língua, suporte online, por telefone, e-mail e alguns até presencial.


CONCLUSÃO

Depois de conhecer algumas das soluções mais utilizadas no mercado, já podemos colocar na balança o que cada um oferece para tomar a decisão correta.

A escolha vai depender da necessidade que precisa ser suprida. Os produtos são variados e muitos deles de boa qualidade, basta saber identificar o seu objetivo com um firewall de segurança e verificar qual corresponde melhor às suas expectativas.

Vamos às conclusões? Com este artigo, podemos considerar que:

  • A maioria dos firewalls gratuitos são em inglês;
  • O suporte de um firewall gratuito não soluciona questões complexas;
  • Um firewall pago possui garantia quanto aos serviços oferecidos;
  • O firewall pago possui manuseio prático, por razões de ser em português, e demanda menos tempo para instalação e configuração (auxiliadas pelo suporte);
  • Muitas vezes, para resolver problemas em firewalls gratuitos, perde-se muito tempo em fóruns ou dinheiro em cursos;
  • O grande diferencial entre uma versão paga e outra gratuita é o relacionamento com a empresa, o suporte e o entendimento dos processos e necessidades que serão resolvidas pelo produto. É humanizado;
  • Um firewall pago oferece mais segurança quanto à procedência e manipulação. Para quem não sabe ao certo como instalar e configurar um firewall, por exemplo, uma opção gratuita pode causar problemas e até colocar o computador e a rede em risco, causando perda de dados e tráfego de informações indevidas.

Seja qual for a sua escolha, não se esqueça de avaliar a facilidade para interagir com o software, se a interface é intuitiva e agradável, e tenha sempre em mente que investir em um firewall em sua empresa, seja ela de pequeno, médio ou grande porte, é uma atitude preventiva necessária para uma atuação responsável.


Ainda tem dúvidas em relação a firewalls de segurança? Fale com nossa equipe.


Fonte: www.starti.com.br